Pesquisar no Blog
Ansiedade Comportamento Cuidados Para Tutores

6 dicas para acalmar o cão que tem medo de fogos de artifício

A Prefeitura de São Paulo vai realizar, pela primeira vez, a queima de fogos “silenciosa” na Avenida Paulista. A decisão vem em benefício de pets que sofrem com o barulho causado pelos rojões e fogos com os chamados “estampidos”. Infelizmente, esta decisão não é realidade na maioria das cidades brasileiras e muitos peludos ainda vão sofrer bastante com os fogos artifício na época de festas. Mas para ajudar o cão que tem medo de fogos, reunimos dicas preciosas!Como ajudar o cão que sofre neste momento? Leia 6 dicas da Botica Pets para ajudar o seu amigão!

Ouvidos protegidos

Os ouvidos dos cachorros são mais sensíveis e muitos deles costumam ficar agitados e assustados quando os fogos começam. Por isso, é importante preparar o peludo, colocando música ou reproduzindo o barulho dos fogos no celular ao longo do dia e, aos poucos, ir aumentando até a hora da verdadeira queima de fogos. Isso fará com que o pet se acostume e não seja surpreendido somente com o barulho na hora da virada.

cão que tem medo de fogos
Cuidado com os ouvidos dos peludos!

Ambiente seguro

Para o cão que tem medo de fogos de artifício, é fundamental reservar um espaço calmo para o pet. Procure o local mais calmo da casa, que não ofereça nenhum risco como portas de vidro, objetos pontiagudos ou que ele possa quebrar se ficar assustado. O pet precisa estar em um ambiente em que se sinta seguro e, ao mesmo tempo, onde não tenha como se machucar. Pode ser na caminha ou casinha em que costuma dormir.

Maracujá para confortar

Ingredientes naturais podem trazer benefícios para a saúde dos pets. Um deles é a passiflora, a planta do Maracujá. Enquanto muitas pessoas pensam que é a fruta que ajuda a acalmar, é a partir da folha que obtemos os benefícios que auxiliam no tratamento dos sintomas como ansiedade, medo, agitação, entre outros.

A qualidade terapêutica deste alimento funcional é potencializada quando concentrada em suplementos, pois as doses excedem a capacidade que qualquer pet poderia consumir se comesse apenas o alimento. Os suplementos nada mais são do que compostos bioativos apresentados em comprimidos, ou palitos, que contêm a forma concentrada, ou seja, a parte mais “interessante” do alimento, em doses terapêuticas ideais para os pets. Saiba como você pode beneficiar o seu pet com o uso da passiflora, aqui.

cão que tem medo de fogos
Ajude o seu amigão a ficar tranquilo no Ano Novo!

O cão que tem medo de fogos, nunca deve ficar preso!

Nunca tente prender o pet na coleira. Isso irá deixá-lo mais ansioso e ao tentar fugir dos barulhos poderá se enrolar na guia. Mantenha o cão com a plaquinha contendo nome e telefone para qualquer emergência.

Ausência da família

A ansiedade de separação pode ser comum nesta época, devido à ausência da família. Se for o caso do seu peludo, uma dica é deixar objetos que são familiares para ele, como o cobertorzinho, o brinquedo preferido e até uma roupa com o seu cheiro.

cão que tem medo de fogos
Cão que tem medo de fogos: se você for viajar e precisar deixar o peludo sozinho, deixe objetos familiares em casa!

Deixe o pet bem cansado no dia

Levar o peludo para um belo passeio e deixar que ele corra e brinque bastante pode ajudar. Isso porque, ao gastar energia, é possível que o cão se sinta mais cansado e relaxado na hora da virada!

Se você gostou das nossas dicas, não deixe de compartilhar. Com certeza, muitos peludos e tutores podem estar precisando de orientações!

Veja também: 6 cuidados com a mamãe antes e após a gestação

Nenhum comentário encontrado.

Deixe Seu Comentário