Pesquisar no Blog
Comportamento Cuidados Para Tutores

Saiba sobre os benefícios da terapia assistida por animais

Só quem já passou algum tempo longe do pet sabe o que é sentir a imensa falta que eles podem fazer em nossas vidas. Ainda mais quando o motivo é uma doença e há a necessidade de internação em um hospital. É por isso que hoje a visita de cães,  gatos e outros animais de estimação em hospitais é permitida por lei em algumas cidades. A terapia assistida por animais (TAA) é autorizada em todos os hospitais municipais de São Paulo desde fevereiro de 2018, mas não na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No entanto, hospitais particulares também já aderiram a este tipo de terapia.

Terapia assistida por animais: quais os benefícios para os pacientes?

terapia assistida por animal
A ATT pode contribuir para a melhora física e emocional do tutor

Os benefícios de ter por um momento a companhia do animal de estimação enquanto se está hospitalizado são inúmeros. A intervenção assistida por animais ou pet terapia contribui para a melhora emocional e física dos pacientes, por meio de um tratamento mais humanizado dos pacientes.

Benefícios dos animais para pacientes

Segundo especialistas, a pet terapia é responsável por reduzir o estresse gerado pela internação no ambiente hospitalar, contribuindo para a sensação de prazer e pela certeza de que a permanência no local pode não ser tão dolorosa em todos os momentos.

Conheça os benefícios para os pacientes:

  • Reduz os níveis de ansiedade e estresse.
  • Aumenta os níveis de ocitocina e a sensação de bem-estar.
  • Incentiva o contato social.
  • Diminui a percepção de dor.
  • Amplia a comunicação do paciente com a equipe do hospital.

O que é preciso para levar o pet ao hospital

terapia assistida por animais
A companhia do pet pode ser fundamental para o bem-estar do paciente!

Se você quer levar o pet para visitar alguém que está internado precisa, primeiro, seguir alguns protocolos. O primeiro deles é entrar em contato com a equipe médica (para saber se o paciente tem condições de receber a visita) e com a Administração do hospital (para se certificar se a entrada do pet é permitida e, se sim, quais são as regras).

No dia marcado para a visita, o pet precisa estar com banho e vacinas em dia, além de possuir um laudo veterinário que ateste o bom estado de saúde. É importante também providenciar uma caixa de transporte, guia e coleira!

Se você gostou deste post, não deixe de ler sobre como funciona a memória dos cães.

E se você quer garantir ainda mais cuidados para os seus pets, veja estas dicas e estes itens incríveis!

Veja também: Humanização dos pets: tratar os animais como humanos é uma boa ideia?

Nenhum comentário encontrado.

Deixe Seu Comentário