Pesquisar no Blog
Como lidar com pet em dias de festa
Comportamento Cuidados Dicas

Como lidar com pet em dias de festa?

A época de festas juninas já começou! Todo mundo preparado para se reunir, dançar quadrilha, comer e se divertir? Muita gente se preocupa em como cuidar melhor do pet que não se sente muito à vontade nessas situações. Alguns cachorros têm medo de barulho. Outros podem até gostar da festa e acabar ganhando comidinhas que não fazem bem a eles. Por isso é preciso ficar de olho!

Como lidar com o pet nas festas?

O ideal é incluir o cachorro na festa quando ele não tem medo, mas sem passar dos limites. É importante evitar que o pet fique assustado com o barulho natural das comemorações. Para isso, você deve acostumar o cachorro ou gato previamente, sempre proporcionando uma atividade prazerosa, como brincadeiras.

Veja as dicas do que fazer antes, durante e após a festança:

Antes da festa

Nas primeiras vezes em que o pet apresentar sinais de medo de barulho, tente associar o momento a algo positivo, oferecendo a ele um petisco ou seu brinquedo preferido como forma de carinho.

A melhor forma de acalmar o cachorro com medo de barulho? Uma maneira é oferecer um cuidado natural para o cão – geralmente esses pets sofrem de ansiedade, medo e têm fobia de pessoas estranhas. A fórmula pronta Maracujá, da Botica Pets, foi elaborada para auxiliar em momentos como esses. Trata-se de um produto 100% natural, sem conservantes. O extrato de alcachofra e a levedura de cerveja são associadas ao maracujá (que possui propriedades sedativas, antiespasmódicas e ansiolíticas). Todo o conforto que seu precisa, de uma forma natural. Vendido em nosso site (veja aqui) em palitos, comprimidos ou pó.

Durante a festa

Os cães mais medrosos podem ser mantidos em um local seguro e acolhedor. Para evitar o desconforto e agitação do animal durante o momento de chegada e saída de pessoas em sua casa, procure um espaço confortável e mais isolado para que ele se sinta seguro, evitando a ansiedade e fugas. Para que o pet não se sinta deslocado, importante que o espaço escolhido seja familiar e que sua caminha, recipiente de água e alimento estejam lá.

Agora, se o peludo vai participar da agitação, tome cuidado com a comida dos convidados. Embora o clima seja de descontração e animação, lembre seus convidados de que não devem compartilhar comida com o pet. Alguns alimentos são tóxicos para ele, incluindo cebola, uva, álcool, chocolate, abacate, entre outros. Por isso, tome cuidado para que o cão não tenha acesso aos quitutes da festa.

Pedir para que seus convidados ajudem a acalmar o pet ou até mesmo brinquem com ele faz com que o animal se distraia e não se estresse tanto com o evento. Além disso, ele irá se familiarizar mais rapidamente com o ambiente.

Após a festa

Mantenha seu pet longe da sujeira da festa. O peludo pode tentar “ajudar” na limpeza, comendo todos os restos que encontrar pela frente. Por isso, tome cuidado. É importante prestar atenção a objetos que o pet pode engolir como copos plásticos e guardanapos descartáveis, por exemplo

Gostou das dicas? Então não deixe de compartilhar com outros papais e mamães de plantão 🙂

Nenhum comentário encontrado.

Deixe Seu Comentário