Pesquisar no Blog
Alimentação Ansiedade Clientes Comportamento Cuidados Dicas

Por que o meu cachorro se coça tanto? Conheça os 4 motivos mais comuns e a solução para acabar com este incômodo

Estar atento ao estado da pele e dos pelos do seu cachorro é essencial para avaliar o quadro geral de saúde do pet. A pele é um dos órgãos que manifestam os primeiros sinais de doenças. Também é importante ficar de olho na queda de pelos, se parecem saudáveis, brilhantes e macios. Além, claro, da frequência com que o cão se coça.

Coçar é um dos hábitos mais comuns dos cães, mas que também pode incomodar muito aos tutores. É preciso destacar que se coçar é um processo natural dos cães que funciona como um autocuidado para afastar insetos e outros elementos que podem feri-los.  Agora, se o seu pet passa o dia inteiro coçando aqui e ali e você nota que aquilo está incomodando o peludo, é preciso avaliar as possíveis causas e adotar medidas para evitar agravamento do quadro.

Afinal, o que pode fazer os pets se coçarem tanto?

 

Motivo 1: Parasitas

O motivo de coceira mais comum é ocasionado pelos temidos parasitas: pulgas, carrapatos, piolhos, entre outros. Embora o quadro seja bastante desagradável, é de fácil prevenção. Basta manter a rotina com antiparasitários para evitar as infestações. Caso ocorra, além dos procedimentos com antipulgas e carrapatos, é necessária a higienização e dedetização do local.

 

Motivo 2: Ácaros e insetos

É comum que nas casas haja ácaros e outros parasitas externos. Para evitar os ácaros é preciso manter o colchão e cobertas do pet bem higienizados. Além disso, é importante estabelecer uma rotina de limpeza e aspiração do local. Uma outra medida é substituir os cobertores e camas dos pets a cada 12 meses.

 

Motivo 3: Dermatite atópica

A dermatite atópica ocorre quando o organismo do cão dá uma reposta excessiva a um elemento do ambiente ou da dieta que se manifesta como uma reação alérgica na pele e pode ser agravada à medida em que o cão coça, pois, os machucados ocasionados pelos arranhões, deixam a pele mais suscetível às bactérias.

É importante estar sempre de olho na saúde da pele do seu pet!

 

Motivo 4: Fatores ambientais e mudança na rotina alimentar

Reações na pele também podem acontecer por fatores ambientais sazonais, seu cão pode apresentar alergias ao pólen, ao calor excessivo, por exemplo. Mudanças na rotina alimentar também podem comprometer a saúde da pele, por isso, você deve contar com a orientação de um médico veterinário antes de decidir mudar o alimento do pet.

Lembrando que é muito importante consultar um médico veterinário ao notar qualquer alteração na pele ou pelagem do seu pet.

 

Vamos acabar com a coceira?

Para eliminar a coceira e proporcionar o bem-estar da pele do pet é preciso manter a higiene em dia. Incluir o os medicamentos contra pulgas e carrapatos regularmente também é um fator importante.

Mas, o maior diferencial para o sucesso do tratamento é a manutenção de uma rotina alimentar equilibrada.

A Fórmula Equilíbrio, da Botica Pets, é um suplemento que reúne de forma concentrada os benefícios de ingredientes naturais que ajudam a manter a saúde da pele em dia. Assim, essa fórmula foi desenvolvida a partir da associação de nutrientes funcionais que auxiliam na eliminação de toxinas, melhorando a absorção de nutrientes, fortalecendo pele e pelos e contribuindo para equilibrar o organismo, além de estimular as defesas naturais.

Disponível em comprimidos, em pó e petiscos, a fórmula é indicada para cães e gatos e você pode saber mais sobre ela aqui!

Nenhum comentário encontrado.

Deixe Seu Comentário